mais sobre mim

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

novas ideias

Redes Sociais

Voltei

socrates, o cómico

Happiness

ALGO SE PASSA....

O meu Mapa Astral

igualdade de direitos ?!

Amor

THE BIG BANG

Dismorfia Corporal

Informatica no seu melhor

Sinais de estrada

blog da saude

Recordações

o Galo Machão

Obrigada pela surpresa

Manowar - Courage

Ser tuga é ....

Tampão

A FOTO DA SEMANA

ideias antigas

Dezembro 2009

Novembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

tags

sofia

sonhos

daniela

personalidades

sporting

22.06.2002

a carta do meu amor

a miss

abaixo o gil vicente

amo-te

ana

anedota

anjo

ante-estreia die hard

as diferenças...

as nossas placas ...

bébé

blog da saude

braço

brakffast at tifanny's - deep blue somet

todas as tags

leituras que aconselho

Desejo

Tatuagens estranhas...

história veridica-prof's ...

Gripe da Aves o 1º caso d...

palavras

still fighting

one more time

the emptiness that hurts

don't you see?

Fear

blogs SAPO
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

o Galo Machão

 

Um agricultor tem grande orgulho no seu galo que é um autentico machão. O bicho levava tudo à frente! Um dia vai lá o compadre e o tipo decide mostrar-lhe a quinta.
- Olhe compadre tenho muito orgulho em todos os meus animais, mas olhe tenho cá um galo... Você vai ver!...
- Ena, então mostre lá o bicho, compadre! Temos que ver isso!
Vão os dois em direcção ao galinheiro e pimba! Lá estava o galo em plena acção.
- Tá a ver, agora são as galinhas!
E o galo pimba, pimba, ele é uma galinha, ele é 2, 3 ,4 ,6, 8,10, o galinheiro todo...
- Porra, compadre o seu galo é terrível!
- Espere aí, homem, que ainda não viu nada!
O galo arrebenta com as galinhas todas e foge para os coelhos.
- Tá a ver, eu não lhe disse! Agora marcham os coelhos todos!
- Porra! EEEHHHH, bicho!
Depois dos coelhos todos, segue para o estábulo... leva os cavalos todos à frente, sai do estábulo e segue para as vacas que estavam a pastar... tumba, tumba, ele é patas da frente para um lado, patas de frente para o outro... quando papa a última, cai redondo no chão.
- Então compadre, que é que aconteceu ao bicho? Passou-se? Também não admira!...
O homem, muito aflito, vai a correr ter o bicho.
- Então, meu rapaz o que é que te aconteceu? Levanta-te! Não me morras aqui, assim! Tu que eras o meu orgulho...
E várias horas se passam e do bicho nada! Ao fim de algum tempo, começam a aparecer abutres a sobrevoar o galo.
- Então tu já viste? Morreste-me assim? Até já tens os sacanas dos abutres a cobiçar-te a pele!
O galo de repente pisca-lhe o olho esquerdo e diz-lhe com cara de malandro:
- Deixa-os poisar, meu velho, deixa-os poisar!

I feel ....: assim-assim
ruído de fundo: Trance............................................